Conheça a Trinity College

TITULO_post

ATrinity College foi fundada em 1592 pela Rainha Britânica Isabel I com o propósito de dar condições para que a elite protestante pudesse ser educada sem que se misturassem com os católicos e também para demonstrar o poder Inglês sobre a ilha. Essa história de descriminação religiosa continuou por aproximadamente 200 anos até que os católicos começaram a ser aceitos na universidade, mas mesmo assim, até meados de 1873 ainda havia uma certa descriminação.

trinity-college-dublin-joe-burns

Hoje em dia, o Trinity College é uma das universidades de maior prestígio na Europa com mais de 15 mil alunos de todos os continentes. O campus está localizado no coração de Dublin e ocupa uma área de 190.000m² e conta com vários edifícios que valem muito a pena visitar como a antiga biblioteca e o museu. Ao longo dos anos, o Trinity College foi a universidade de algumas personalidades como Samuel Beckett, Bran Stoker, Oscar Wilde e Edmund Burke.

A entrada principal da universidade fica na College Green, um dos lugares com maior tráfego de pedestres e automóveis de toda a cidade. Ao entrar, temos a sensação de que passamos por um portal. A vista é linda e a movimentação geralmente é bem grande, porém mal se pode ouvir barulhos.

De todos os edifícios que se encontram dentro do campus, os mais interessantes se encontram ao redor de quatro praças que são:

Parliament/Library Square

News Square

Fellow’s Square

Botany Bay

Quase todas as construções foram construídas entre os séculos XVIII e XIX, exceto a Berkeley Library que foi construído na segunda metade do século XX.

Na Fellow’s Square se encontra a Old Library, a biblioteca que possui a maior coleção de manuscritos e livros impressos da Irlanda. Desde 1801 recebe um exemplar de todas as obras publicadas na Irlanda e Inglaterra, formando atualmente uma coleção de aproximadamente 3 milhões de livros divididos em oito edifícios.

O prédio da Antiga Biblioteca, construído entre 1712 e 1732 é o mais antigo de todos. A sala principal, conhecida como “Long Room” tem 65 metros de largura e contem mais de 200 mil livros. As infinitas estantes repletas de livros produzem um característico cheiro de madeira antiga enquanto bustos de mármore vigiam o ambiente. Em uma vitrine é exposta a arpa mais antiga da Irlanda, feita de carvalho e salgueiro com cordas de bronze. A biblioteca serviu de inspiração para George Lucas ao criar “Os Arquivos de Jedi” em seu filme “Ataque dos Clones” e de cenário para a filmagem de algumas cenas do filme Harry Potter.

Outra relíquia guardada na biblioteca é o “Book of Kells”. Um livro de mais de 340 páginas escritas e ilustradas a mão no ano 800 e possui os quatro evangélicos da bíblia escritos em Latim. Suas ilustrações são incríveis, com detalhes tão pequenos que mal podem ser vistos a olho nu. Acredita-se que o livro tenha sido escrito por apenas 3 escribas, provavelmente na ilha escocesa de Lona, onde monges irlandeses haviam estabelecido um mosteiro e foi levado para a Irlanda para protege-lo de ataques vikings.

O Trinity College fica aberto para visitas todos os dias as 9 as 21horas. Para visitar a Old Library, você precisa ir entre 9:30 e 17:00 e pagar 9 euros. Se você for depois das 16hrs é cobrado apenas a metade.

 

 

Encontrou algum erro ou gostaria de acrescentar alguma informação importante à este post?! Envie suas sugestões para contato@dublinaquivoueu.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>