10 Dicas Para Melhorar o Seu Intercâmbio

blog_titulo

Boommm diaaa meus queridos amigos leitores. Como foram as festas?! :)

Primeiramente, gostaria de desejar um excelente 2014 pra todos vocês. Que esse ano seja repleto de conquistas e realizações. Muitas novidades estão por vir no Dublin Aqui Vou Eu e tenho certeza que vamos crescer muito esse ano junto com vocês!

Agora que estamos em um ano novinho em folha e cheio de coisas pra acontecer é comum aparecerem as famosas promessas de ano novo. Em 2014 seremos pessoas melhores, seres humanos que irão ajudar a mudar o mundo. É claro que isso é possível e realmente devemos levar a sério essas nossas promessas, entretanto, além de apenas prometer voltar a malhar, comer coisas saudáveis, ser menos rabugento ou ser mais amigo, que tal prometermos também melhorar o nosso intercâmbio?! :)

Sei que muita gente estará chegando em Dublin esse ano, então já comecem do jeito certo. E pra alguns que estarão indo embora, saiba que sempre é tempo de melhorar. Se você ficou 6 meses ou um ano aqui na Irlanda e acredita que seu inglês não melhorou o suficiente, pare por alguns minutos e pense o quanto você se dedicou a isso. Será que você não poderia ter feito um pouco mais???

Pra ajudar a todos aqueles que querem fazer do intercâmbio uma experiência que realmente tenha um efeito positivo no aprendizado do inglês, o Dublin Aqui Vou Eu separou algumas dicas que podem fazer a diferença.

1- Frequente as aulas: Sabemos que é difícil sair da cama de manhã com esse friozão, mas prometa que em 2014 você fará um esforço a mais, pelo sucesso do seu intercâmbio! Se você não estiver contente com a sua escola, se você acha que os professores são ruins ou o método de ensino é fraco, não desista. Reclame na diretoria da escola, reclame com o seu professor pois você pagou por essas aulas! A escola é um ótimo ambiente pra praticar o inglês e não deve ser deixada de lado.

2- Se relacione mais: Em 2014, faça novos amigos. Se comunique bastante na escola, participe das atividades complementares e crie vários círculos de amizades. Muita gente se afasta das pessoas de outras nacionalidades por medo não conseguir se comunicar, pra você que faz isso, lembre-se sempre que tudo que você está vivendo aqui é um aprendizado e todos nós estamos no mesmo barco.

3- Não se acomode no trabalho: Se você chegou em Dublin e conseguiu um trabalho legal de cleaner que paga o suficiente pra você se manter por aqui, legal. Agora pense que você pode conseguir algo melhor, procure outro trabalho onde você possa se comunicar mais, onde você possa praticar o inglês todos os dias. Assim que você conseguir um novo emprego, indique alguém que acabou de chegar para ocupar a sua vaga.

4- Viva a Irlanda: Não traga a sua vida do Brasil pra cá. Comece uma nova vida aqui e siga em frente. É claro que não podemos jamais nos esquecer dos nossos amigos e familiares que ficaram no Brasil, mas aqui você terá novos desafios para superar e estará por si só. Ninguém que ficou no Brasil poderá te ajudar a melhorar seu inglês, conseguir um trabalho, levar a sério os estudos e tudo mais.  Por isso, aguente firme a saudade, converse com os amigos e parentes nos finais de semana e de segunda a sexta, viva a Irlanda.

5- Frequente os grupos de conversação: Os invés de prometer apenas começar a academia, porque não começar a frequentar os grupos de conversação? É um ótimo ambiente para fazer amigos de outras nacionalidades e com certeza vai te ajudar muito a praticar o inglês. Procure saber se a sua escola oferece essa atividade. Na biblioteca do Shopping ILAC acontece semanalmente um encontro de conversação que você pode participar.

6- Economize para viajar: Faça boas viagens pela Europa. Viajar é a melhor maneira de adquirir novos conhecimentos e nos ajuda muito a crescer. Gaste menos com baladas, festas ou supérfluos e guarde dinheiro pra viajar. Além de conhecer um pouco mais sobre cada país que você irá visitar, a viagem renderá ótimos momentos de lazer e exigirá bastante do seu inglês.

7- Estude em casa: Reserve algumas horas do seu dia para estudar em casa. Você não precisa devorar os livros, apenas repasse o conteúdo aprendido na escola, faça suas tarefas de casa e já tente ficar por dentro da matéria do dia seguinte. Isso exigirá uma ou duas horinhas e com certeza vai fazer diferença.

8- Assista TV: Assistir TV pode te ajudar bastante desde que você esqueça a programação do Brasil e comece a assistir a TV daqui. Muita gente vem pra Irlanda e fica vidrado na novela todos os dias e isso não é nada bom. Como dito anteriormente, viva a Irlanda! Se você não gosta da programação daqui, assista seus filmes e seriados favoritos mas sempre em inglês. Se possível, assista mais de uma vez o mesmo filme ou seriado com e sem legenda. Anote as palavras que você não conhece e pesquise o significado. Muita gente aprende inglês apenas fazendo isso, então com certeza vai te ajudar bastante.

9- Ouça rádio local: Contribua com o combate a pirataria e a memória do seu iPod ou laptop e comece a ouvir rádio. Aqui as rádios possuem uma ótima qualidade de sinal e programação bem variada. Ouça rádio enquanto toma banho, no caminho da escola ou trabalho, na hora de dormir e sempre que tiver um tempinho livre. Mesmo que você ainda não entenda nada do que dizem, isso vai ajudar bastante a treinar os seus ouvidos.

10- Seja independente: Não fique pedindo favores para os seus amigos. Se a sua internet está com problemas, tente resolver. Se você precisa falar com o seu landlord, ligue e faça. Se você quer comprar alguma coisa, vá e compre. Sempre tente mais de uma vez antes de pedir ajuda e nunca peça para fazerem por você. É na hora do sufoco que mais aprendemos e fazer um intercâmbio sem passar sufoco não tem a menor graça. :)

Bom pessoal, espero que aproveitem as dicas e vamos fazer de 2014 um ano de grandes mudanças no nosso intercâmbio. Se você tem alguma dica pra dar, comente aqui em baixo ou envie sua sugestão por e-mail.

 Até a próxima!

Encontrou algum erro ou gostaria de acrescentar alguma informação importante à este post?! Envie suas sugestões para contato@dublinaquivoueu.com

Abrindo Sua Conta Bancária

Todo intercambista chega em Dublin se sentindo o milionário, afinal, não é sempre que temos três mil euros no nosso bolso. Como todo milionário que se preze, é essencial que tenhamos uma conta em um bom banco para guardarmos a nossa fortuna. Visando nossa segurança, é altamente recomendado abrirmos uma conta o mais rápido possível.

Infelizmente temos que cair na realidade e nos lembrarmos que temos esse dinheiro pois precisamos comprova-lo para a imigração, caso contrário, não conseguimos nosso tão desejado GNIB (Leia com a voz do Rei do Camarote) e você sabe né… o GNIB é uma questão de status. Todo mundo quer ter um GNIB pois ele agrega valores ao seu intercâmbio. :)

rei_camarote

 

Brincadeiras à parte, a comprovação de renda na Irlanda é um passo muito importante e você não terá como escapar disso. Se você não sabe como funciona essa comprovação, vamos explicar.

Todos que querem estudar na Irlanda por mais de 3 meses devem comprovar renda de 500 euros mensais. Se você for ficar por aqui por 6 meses ou mais, essa comprovação será de 3 mil euros. Por exemplo:

Para estudar na Irlanda por 3 meses você deverá comprovar: 0,00

Para estudar na Irlanda por 4 meses você deverá comprovar: 2.000,00

Para estudar na Irlanda por 5 meses você deverá comprovar: 2.500,00

Para estudar na Irlanda por 6 meses você deverá comprovar: 3.000,00

Para estudar na Irlanda por 8 meses você deverá comprovar: 3.000,00

 

E como é feita essa comprovação? Se você está se perguntando isso, já vamos responder…

Chegará um dia em que você deverá ir até o escritório da Imigração Irlandesa para tirar o seu visto (GNIB). Nesse momento você deverá apresentar um extrato bancário que comprove a existência do valor solicitado para a comprovação na sua conta. Por isso você é obrigado a abrir uma conta estudantil em algum banco irlandês que pode ser:

– Bank of Ireland

– AIB

– Ulster Bank

Quem define em qual banco você abrirá a sua conta não é você pois para isso será necessário obter uma carta na sua escola (Bank Letter) que será direcionada a uma agência bancária específica cuja qual a escola possui parceria. Essa carta deve ser solicitada de preferência no seu primeiro dia de aula, então, não deixe tudo pra última hora! 😉

 

Além da Bank Letter também é necessário apresentar os seguintes documentos:

– Passaporte

– Comprovante de endereço (Você pode usar a cartinha do PPS)

 

Com todos os documentos em mãos, vá até a agência bancária indicada pela sua escola e dirija-se ao balcão de Atendimento ao Cliente (Costumer Service). Entregue todos os documentos e diga que você quer abrir uma conta de estudante.

O atendente irá pedir pra você preencher um formulário com todos os seus dados e pessoais. Com tudo preenchido, você não precisa fazer mais nada além de aguardar, pois aqui a conta não é aberta na hora como no Brasil. Espere até o dia seguinte para depositar todo o seu dinheiro e depois espere mais um dia para solicitar o seu extrato no mesmo balcão de Atendimento ao Cliente.

Dentro de 5 dias úteis (geralmente demora um pouco mais) você receberá no endereço cadastrado a senha do seu cartão e alguns dias depois você receberá o cartão e o extrato.

Com o extrato em mãos, o próximo passo é ir até a Imigração para tirar o seu GNIB. 😉

 

 

Dicas importantes:

– Se você está utilizando o endereço de alguma acomodação estudantil, não deposite o dinheiro antes de receber o seu cartão e senha.

– Enquanto aguarda a cartinha do PPS chegar para poder usá-la como comprovante de endereço, vá sacando o dinheiro do seu VTM. Os caixas possuem limites diários de saque, então você terá que sacar um pouco por dia.

– A taxa por saque do VTM é de 2,50 euros. Então dê preferência por utilizar as máquinas que ficam dentro das agências bancárias pois elas possuem um limite de saque maior do que aquelas que você encontra na rua.

– Assim que terminar o processo de abertura da sua conta, peça ao atendente o número da sua agência, conta e todas as informações possíveis. Algumas agências não informam isso logo de cara e se você quiser agilizar tudo, vai precisar dessas informações.

 

 

Encontrou algum erro ou gostaria de acrescentar alguma informação importante à este post?! Envie suas sugestões para contato@dublinaquivoueu.com